PARCEIROS DE FINANCIAMENTO

O papel do QIR enquanto apoiante da coordenação dos esforços comerciais nos PMA não seria possível sem a adesão dos parceiros de financiamento. Dada a menor prontidão na disponibilização de fundos e ao maior escrutínio a que estão sujeitos, a capacidade de um PMA identificar, elaborar e lançar programas que possam gerar um impacto sustentado em termos de relação custo/benefício na pobreza é crucial. Como resultado, evitar a duplicação e os desperdícios ao mesmo tempo que são criadas parcerias que se reforçam mutuamente nunca foi tão importante.

O QIR oferece uma plataforma para os doadores aumentarem as sinergias e harmonizarem os esforços e o programa é atualmente financiado por 24 países doadores através de contribuições para o Fundo de Afetação Especial do QIR.

O programa depende de Facilitadores de Doadores para trabalhar com os Pontos Focais no terreno a fim de facilitar a coordenação e o diálogo doadores/governo sobre questões comerciais. O Facilitador de Doadores é um representante da comunidade de doadores que desempenha um papel ativo no apoio à agenda do comércio de um PMA e é identificado pelo governo e por outros doadores.

DOADORES DO FUNDO DE AFETAÇÃO ESPECIAL DO QIR

Austrália

Bélgica

Canadá

Dinamarca

Estônia

Comissão Europeia

Finlândia

França

Alemanha

Hungria

Icelândia

Islândia

Japão

Coreia do Sul

Luxemburgo

Paises Baixos

Noreuga

Arábia Saudita

Espanha

Suécia

Suíça

Turquia

Reino Unido

Estados Unidos da América

“ A Noruega atribui uma grande importância à integração dos Países Menos Avançados no Sistema de Comércio Multilateral. O Comércio é vital para o desenvolvimento. Ao mesmo tempo, a assistência ao desenvolvimento é necessária para reforçar a capacidade de os PMA beneficiarem do acesso ao mercado noutros países. O QIR é um instrumento importante e há muitos anos que é o principal canal da Noruega para uma assistência ao desenvolvimento específica e relacionada com o comércio para muitos PMA.”

Noruega, Ministro dos Negócios Estrangeiros, Børge Brende

“ Enquanto forte defensora de um comércio livre e justo, a Suécia acredita que o QIR reforça as oportunidades de os PMA beneficiarem plenamente de perspetivas de desenvolvimento existentes e futuras através do comércio. Sentimo-nos encorajados pelo compromisso do QIR de levar em conta as lições aprendidas durante a Fase Um do QIR, no sentido de reforçar a concentração na potenciação de recursos e de melhorar a monitorização e avaliação. Promover a igualdade de género e o comércio inclusivo é fundamental para maximizar o impacto do comércio e das atividades de desenvolvimento nos meios de subsistência das pessoas. É, por conseguinte, de bom augúrio que este seja um dos quatro grandes objetivos estratégicos do QIR para o período de 2016-2018.”

Suécia, Ministra dos Assuntos Europeus e da Política de Comércio, Ann Linde