Iémen: encontrar esperança e promover a aprendizagem inclusiva em tempos difíceis

O Iémen possui um vasto potencial para utilizar o comércio como forma de progredir em diversas frentes de desenvolvimento, maximizar a sua posição regional e transformar os seus recursos, fora do sector do petróleo, beneficiando assim enormemente as comunidades mais necessitadas.

 

Apesar da instabilidade duradoura que se verifica no país, o QIR prosseguiu com os seus trabalhos no Iémen, reforçando as capacidades do Ministério do Comércio e da Indústria para utilizar o comércio como uma ponte para o desenvolvimento. A Unidade Nacional de Implementação do QIR está a liderar os esforços que visam transpor o potencial do país no comércio para um impacto real no terreno, visando as regiões mais pobres. A necessidade de combater elevados níveis de pobreza é também acompanhada pela importância de garantir que as mulheres participem ativamente na esfera económica.

 

Como resultado, o programa do QIR incorporou a participação segundo o género nas suas atividades, incluindo facilitar a representação de mulheres empresárias no Diálogo do Setor Público-Privado, que tem defendido a isenção de custos para as mulheres empresárias que queiram abrir novas empresas. Em colaboração com o PNUD, o QIR e o Ministério nomearam um comité de oito pessoas, seis das quais são mulheres, que trabalha com o PNUD e funciona como um organismo consultivo e de coordenação entre o PNUD e o Ministério para desenvolver projetos a implementar em várias províncias do Iémen. As mulheres estão também bem representadas em workshops e comités especializados devido à sua competência e trabalho árduo.

 

O QIR estabeleceu também um centro de formação na cave do edifício do Ministério. Inaugurado em junho de 2016, este centro torna a formação mais conveniente e menos dispendiosa, permitindo que o Ministério ofereça uma vasta gama de iniciativas de reforço de capacidades, incluindo aulas de inglês, cursos de literacia e proficiência informática, liderança, planeamento e cursos de relatórios avançados, procedimentos de registo comercial e aulas sobre facilitação do comércio e integração do comércio, entre outras matérias.

 

As sessões de formação realizadas destinam-se tanto a funcionários públicos como a trabalhadores do setor privado, fortemente limitados pela baixa capacidade e ausência de recursos com que o Iémen se confronta. Além disso, o isolamento relativo do Iémen face ao resto do mundo reforça a necessidade crucial de reforçar capacidades em matéria de recursos humanos e de comércio. Graças à adesão do Iémen à OMC, existe também uma necessidade acrescida de melhorar a fluência em inglês para compreender os regulamentos e negociações da OMC e conseguir tirar proveito dos benefícios que estão à disposição dos Países Menos Avançados e participar eficazmente nos debates globais e regionais.

 

O programa de aprendizagem de inglês financiado pelo QIR constitui uma parte essencial do reforço de capacidades do Ministério e das instituições do setor privado. A formação teve início em 2009 e desde então expandiu-se devido a um aumento consistente na sua procura. 

 

O programa de aprendizagem oferece às funcionárias do género feminino a oportunidade de estudarem inglês no local de trabalho. Em 2015, o programa de aprendizagem de inglês foi ministrado a 200 estudantes, 60 dos quais mulheres. A percentagem de estudantes mulheres é muito mais alta do que a de mulheres na força de trabalho, calculada em 15% a 20% da força de trabalho total do Ministério.

 

No Iémen, as oportunidades que as mulheres têm de trabalhar e estudar em condições equivalentes às dos homens têm vindo a crescer regularmente e o programa de aprendizagem está a contribuir para disseminar ideias e conhecimentos que lhes proporcionam a oportunidade de assumirem o controlo das suas vidas, ganhando o seu sustento sem terem de depender dos seus familiares do género masculino. Este aspeto motivou as estudantes mulheres levando-as a obterem melhores notas do que os seus colegas do género masculino. Foi por este motivo que se verificou uma elevada taxa de matrículas de estudantes mulheres, o que está também relacionado com a conceção do programa, que proporciona um ambiente de aprendizagem ideal no interior do Ministério. O programa permite que as mulheres poupem em custos de transporte e tempo de deslocação e está em total conformidade com as sensibilidades culturais e normas sociais relativas à educação das mulheres.

 

A aprendizagem de línguas é bastante apelativa para as funcionárias do Ministério do Comércio e da Indústria porque ajuda-as a cumprir os seus deveres diários no trabalho, além de abrir oportunidades para efetuarem viagens fora do país e candidatarem-se a bolsas de estudo no estrangeiro, incluindo em áreas relacionadas com o comércio. Ao permitir que as mulheres acedam à Internet, utilizem as redes sociais e acedam a informações sobre o comércio pertinentes para o seu trabalho, o programa oferece também oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional, o que exerce efeitos benéficos nas suas famílias, comunidades e vida social. 

 

Num ambiente marcado por uma instabilidade política e uma insegurança duradouras, bem como por oportunidades comerciais limitadas, a determinação e resistência dos estudantes do Iémen, em especial das estudantes mulheres, reflete uma história de forte esperança num futuro melhor. Assumir o controlo das suas vidas e do seu futuro desenvolve uma base de apoio para a aquisição de competências e capacidades para a vida, o que mais tarde virá a ajudar as suas comunidades mais pobres. A parceria do QIR optou por não descontinuar o seu apoio ao Iémen a fim de ajudar a estabilizar as comunidades, superar divisões e construir a paz.

 

Com um maior apoio, o Iémen poderá recuperar e centrar-se num desenvolvimento sustentável inclusivo que é necessário para a próxima geração. A agenda da mudança do Iémen tem todos os motivos para ser ambiciosa. Mas o apoio da comunidade internacional, tanto dos investidores privados como dos parceiros de desenvolvimento, é uma parte fundamental nesta visão de longo prazo de sucesso no desenvolvimento.

 

"Sou estudante do programa de inglês financiado pelo QIR e já fiz vários cursos. Uso o inglês no meu trabalho diário, pesquisando informações na Internet, e sinto que o meu inglês me deu mais autonomia. Estou convencida de que um bom domínio do inglês irá ajudar-me a progredir na minha carreira e na minha vida." Iltaf al-Ghafari